Fisioterapia Chinesa

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Acupuntura em Casa
Marcação Tratamentos
Marcação Equipamentos e Métodos
Marcação Equipe
Marcação A Empresa
Marcação Dicas de Saúdede
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ÁREA DO CLIENTE
Acompanhe a data de suas consultas e 2ª via de boleto
esqueci minha senha
  
Fisioterapia Chinesa
sexta-feira, 31 de julho de 2015
FISIOTERAPIA CHINESA

A fisioterapia chinesa é muito mal interpretada no ocidente, pois existe uma escassez de material bibliográfico que trate o assunto com a profundidade precisa e com uma estrutura complexa, não é raro encontrar erros básicos devido a uma má interpretação das suas regras gerais.

Alguns registros em pergaminhos, cascos de tartaruga e seda, provam que o método de fisioterapia é conhecido no oriente há cerca de 3.000 anos, e o significado da palavra é terapia das plantas.

O acupunturista que aplica esse tipo de fisioterapia não utiliza a prescrição de pontos e sim medicamentos fitoterápicos chineses, baseados em diagnósticos energéticos. Existem fórmulas fitoterápicas que englobam seis ou mais plantas que possuem objetivos definidos impedindo efeitos colaterais e encaminham agentes principais ao local da doença, criando um ótimo resultado na terapia.

As drogas herbais chinesas ou substâncias medicinais são utilizadas e estudadas em quase todos os países. Para fazer uma fórmula fitoterápica chinesa, é preciso conhecer as capacidades energéticas, curativas e sinérgicas das ervas, criando uma interação de uma planta com as outras.

Diferente da medicina ocidental a Medicina Tradicional Chinesa (MTC) baseia-se em uma ciência sobre a experiência empírica acumulada e divide os medicamentos de acordo com as suas propriedades e ações. Elas podem ser classificadas com propriedades térmicas (quentes, mornas, frescas e frias ou neutras), com os cinco sabores (azedo, amargo, doce, picante e salgado) e com as quatro direções (ascendente, descendente, circulante e submersão).

As ervas com propriedades mornas ou quentes são Yang em natureza, dispersam o vento e o frio interno, aquecem o Baço e o Estômago, possuem ações estimulantes e fortalecedoras, ervas dessa natureza incluem o acônito, gengibre seco, canela e tratam várias doenças do frio. Já as propriedades frescas ou frias removem o calor, aliviam a inflamação patogénica, acalmam os nervos, servem como antibióticos, sedativos e antiflogísticos para doenças febris.

Quanto as propriedades de sabores, as plantas de sabor picante produzem efeitos de dispersão e promoção; as de sabor doce de tonificação e regulação; as de sabor amargo efeitos fortalecedores e purgantes; as de sabor azedo efeitos adstringentes e as de sabor salgado efeitos purgantes.

As quatro direções representam quatro qualidades adicionais usadas para classificar as plantas, ascendentes e circulantes têm um efeito para cima e para fora, usadas para ativar o Yang, induzir á transpiração e dispersar o frio e o vento. As drogas descendentes e de submersão, possuem um efeito para baixo e para dentro, tranquilizam, causam contração e aliviam tosse.

Os efeitos de remédios das combinações herbárias sobre o organismo humano são complexos, mas a fitoterapia chinesa na sua complexidade prova a sua eficiência desde séculos atrás como na atualidade.

Confira os Serviços da Central da Acupuntura

Equipe Central da Acupuntura

Pr-avaliao via Telefone