Os benefícios da melancia

MAIS
INFORMAÇÕES
Marcação Acupuntura em Casa
Marcação Tratamentos
Marcação Equipamentos e Métodos
Marcação Equipe
Marcação A Empresa
Marcação Dicas de Saúdede
Marcação Perguntas Frequentes
Marcação Pesquisa de Satisfação
Marcação Trabalhe Conosco
ÁREA DO CLIENTE
Acompanhe a data de suas consultas e 2ª via de boleto
esqueci minha senha
  
Os benefícios da melancia
sexta-feira, 13 de novembro de 2015
OS BENEFÍCIOS DA MELANCIA

melancia é uma fruta rasteira muito querida no Brasil. Originária da África, é cultivada ou aparece quase espontaneamente em várias regiões do nosso país. Com o tipo de carboidrato saudável, cheio de fibras e vitaminas, a melancia é popular pelo seu baixo custo, por ser ótima para consumi geladinha em uma região do clima tropical e, além disso, ela hidrata com seu sabor adocicado.

Com uma polpa excelente é possível consumir como suco, sua casca verde pode ser usada para fazer doces e ainda ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo. Mas será que essa fruta que tanto amamos pode nos trazer outros benefícios?

A melancia é composta de magnésio, ferro, zinco, cálcio e potássio, tem 90% de água, 5% de açúcar e ainda contém vitamina C que melhora o funcionamento do sistema imune e vitamina A.

Sendo pouco calórica, em média de 100 g ela só oferece 30 calorias. Outro nutriente muito importante que podemos encontrar na fruta é o licopeno, antioxidante que ajuda a retardar o envelhecimento celular e na prevenção do câncer. Com todos esses nutrientes fica evidente que ela é cheia de benefícios.

Muitas pessoas não acreditam que essa fruta pode ajudar a regular a pressão arterial, porém os carotenoides presentes na melancia reduz a formação de placas nas paredes das artérias.

Colaborando para prevenir doenças renais, quem consome melancia com frequência tem um bom auxilio do funcionamento do sistema renal devido a grande quantidade de água, e além do potássio, é muito útil quando se trata de desintoxicar os fluidos que chegam aos rins e assim, evitam a formação de cálculos renais.

Tendo um teor de açúcar muito baixo, ela também pode fazer parte do cardápio dos diabéticos. Uma substância presente na fruta chamada de arginina, um aminoácido, ajuda a controlar a liberação de insulina no sangue, evitando altas taxas desse hormônio.

Confira os serviços da Central da Acupuntura

Equipe Central da Acupuntura

Pr-avaliao via Telefone